Na noite de quinta-feira (6), ocorreu o segundo dia de formação do jovem advogado. Os palestrantes compartilharam experiências e discutiram com os novos advogados questões relacionadas as dificuldades iniciais da carreira, além disso conversaram sobre os mecanismos de apoio que a OAB/DF oferece nesta etapa inicial.

Juliano Costa Couto, presidente da OAB/DF, compartilhou com o público presente suas experiências na carreira, deu dicas de como abrir escritórios e falou um pouco sobre o comprometimento com a profissão. “É essencial ter compromisso. Advogado não tem hora pra sair do trabalho. O maior compromisso que você tem na sua vida é com o seu cliente. Não é do dia pra noite que você terá sucesso, mas com certeza será recompensado por seu trabalho honesto”.

Hellen Falcão, conselheira seccional e vice-presidente da Comissão Especial de Direito da Tecnologia e Informação da OAB nacional, falou sobre o peticionamento eletrônico e as ferramentas virtuais no âmbito do judiciário. Além disso, Hellen conversou com os novos advogados sobre as dúvidas mais comuns sobre peticionamento.

Pierre Tramontini, conselheiro seccional e presidente da Comissão de Honorários, tratou dos honorários contratuais na teoria e na prática. Tramontini destacou a especialização e a qualificação como as chaves do sucesso. Por fim, aconselhou: “quanto aos honorários, faça um contrato escrito, com cláusulas claras e exponha quais são as suas obrigações, seja objetivo com o seu cliente”.

Além dos palestrantes, compuseram a mesa do evento os membros da Comissão de Apoio ao Advogado Iniciante, Franscisco Wellington, Lucas Azoubel, e Paulo Mingos e as advogadas Laura Queiroz Barcelos e Nathana Verdejo Gertrudes.

Confira aqui o que aconteceu no primeiro dia do evento.