Objetivo:

O curso de Redação para Juristas objetiva desenvolver a competência comunicativa por meio do uso adequado de elementos e regras gramaticais aplicados à escrita de peças jurídicas, por meio de abordagens teóricas e práticas, para que os cursistas possam aplicar esses conhecimentos nas atividades profissionais.

Conteúdo Programático:

1. Estrutura da redação técnica
1.1. Padronização textual
1.2. Uso de maiúsculas e minúsculas
1.3. Grifo, sublinhado, negrito, aspas
1.4. Paragrafação
1.5. Normas da ABNT
1.6. Fonte, alinhamento, formatação e estética textual
1.7. Números, horas, datas, valores
1.8. Técnicas de sumarização 

2. Linguagem da redação técnica
2.1. Vocabulário técnico
2.2. Linguagem formal
2.3. Competência textual
2.4. Estratégias de comunicação

3. Argumentação lógica da redação técnica
3.1. Raciocínio lógico
3.2. Linhas argumentativas
3.3. Construção lógica do argumento
3.4. Planejamento textual

4. Aspectos gramaticais da redação técnica
4.1. Novo acordo ortográfico
4.2. Pontuação
4.3. Regência e concordância
4.4. Ortografia
4.5. Pronomes
4.6. Verbos
4.7. Abreviações

Metodologia:

O curso será ofertado na modalidade presencial com aulas práticas de produção e correção de textos por meio de metodologias ativas de ensino como visita guiada, pesquisa de campo, debate, jogos, exercícios, aula expositiva, leitura de textos teóricos, práticas vivenciais, meta-aprendizagem, com o intuito de auxiliar na evolução da escrita. Serão realizadas atividades em grupos e individuais conforme a pertinência do tema e necessidade de adequação pedagógica verificada em cada aula presencial.

Público Alvo:

Profissionais preferencialmente da área do Direito que desejam aprimorar suas habilidades na prática da escrita de textos jurídicos.

Perfil do expositor:

Olivia Rocha Freitas

Doutora (2011) e Mestre (2005) em Estudos da Linguagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, possui Graduação em Direito pela Universidade Potiguar (2002) e Graduação em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2005). Atualmente é professora do Instituto Brasiliense de Direito Público das disciplinas de Linguagem Jurídica e Leitura e Produção de Textos, é pesquisadora da temática “escrita e argumentação jurídica”, conforme registro no CNPQ.