Objetivo:

Proporcionar aos atuais e futuros profissionais do direito um contato mais aprofundado das técnicas de oratória, com o intuito de aprimorar a desenvoltura nas suas atividades diárias em audiências, reuniões e principalmente, quando assumirem a tribuna de quaisquer tribunais do país.

Conteúdo Programático:

Aula 1 – Demonstração geral dos principais embates a se enfrentar diante do dilema de se apresentar em público. Apresentação de algumas sustentações orais no Supremo Tribunal Federal. Dinâmica 1 – auto apresentação.

Aula 2 – Dinâmica 2 – Improviso. Cada participante receberá um texto/tema jurídico e deverá fazer uma exposição, durante 5 minutos no máximo, sobre o tema abordado e deverá expor sua opinião ao final. Cada exposição será seguida de debates com a turma, e será conduzido pela professora. Durante a exposição será possível apenas a consulta de notas. Sugere-se que a apresentação deva ser gravada para comparar com a apresentação final na aula 4 e aula 5.

Aula 3 – Aula expositiva. Fundamento legal da sustentação oral, princípio da ampla defesa, quando fazer, como fazer, poder de persuasão, expressão corporal.

Aula 4 – Dinâmica 3 – Todos os participantes subirão à tribuna para implementar tudo o que aprenderam no curso. Cada um deverá apresentar, em até 10 minutos, um tema escolhido previamente (no primeiro dia de curso) para que os colegas e a professora possam fazer comentários acerca da apresentação.

Metodologia:

Aulas expositivas combinadas com a apresentação dos participantes para apresentação de defesas ou notícias jurídicas.

Público Alvo:

Estudantes de direito e advogados em geral.

Perfil do expositor:

Karina Zucoloto 

Graduada em Direito pela Universidade Mackenzie – SP (1998). Foi monitora do Ministro aposentado do STF Cézar Pelluzo junto à PUC/SP na disciplina Direito Processual Civil (2000). É mestre em Direito Internacional Econômico pela Universidade Católica de Brasília (2010). Atua na advocacia consultiva/contenciosa junto aos Tribunais Superiores e STF. Atua também como consultora jurídica da TV Justiça, a tv do poder judiciário, com participação em programas ao vivo e gravados desde junho/2008. Docente universitária. Professora na ESA/DF desde 2016.

 

Bibliografia:

https://www.conjur.com.br/2018-ago-24/limite-penal-elogio-defensoria-publica-raiz-nao-paredes

https://www.conjur.com.br/2018-jun-12/lei-garante-sustentacao-oral-pedido-liminar-ms

https://www.conjur.com.br/2018-mai-06/ana-mendes-sustentacao-oral-agravo-interno-situacao-excepcional

https://www.conjur.com.br/2018-mar-12/advogado-direito-sustentacao-oral-mesmo-inscricao-previa

https://www.conjur.com.br/2018-fev-20/paradoxo-corte-quando-oportuna-sustentacao-oral-tribunais

https://www.conjur.com.br/2018-jan-03/luiz-valladao-caracteristicas-nuances-sustentacao-oral

https://www.conjur.com.br/2016-jun-10/limite-penal-dica-quando-for-recebido-julgador-embargos-auryculares

https://www.conjur.com.br/2016-jan-19/cnj-suspende-regra-impedia-advogado-ler-sustentacao-oral