Na véspera de a OAB/DF abrir a I Semana da Jovem Advocacia do Distrito Federal 2020 (#SJADF), o presidente da Seccional, Délio Lins e Silva Jr, participou, nesta segunda-feira (14), da live “A Oratória e a Comunicação na Nova Advocacia”, a convite do Instituto Verbalize.

Destacando a importância da Comunicação neste momento de crescentes canais por meio da tecnologia, Délio pontuou questões-chave para o bom desempenho profissional, seja em apresentações ou palestras, seja na sustentação oral: “é preciso ser objetivo e claro, identificando o argumento principal da causa que você defende”.

Hoje, até WhatsApp tem sido usado para rápidas audiências com magistrados. “O que faz a objetividade tornar-se ainda mais imprescindível”, observa Délio. Segundo ele, convencimento não está em uma enormidade de argumentos que não contextualizam o cerne da defesa. “Afinal, tempo vale ouro!”

DESAFIOS

O medo é um fator que acompanha o profissional iniciante. “É preciso vencê-lo. Ninguém nasce pronto. Até oradores natos, preparam-se muito!”, disse Délio, que confessou não ser um dos natos. “Desenvolvi a minha oratória com muito esforço e dedicação. Lembro que não era minha melhor habilidade, quando estava na faculdade, ou era estagiário, mas entendi que uma boa preparação ajudaria e fiz isso.”

Após 20 anos na profissão e com muita experiência acumulada, Délio falou, também, sobre a necessidade de o profissional perceber que cada caso sempre será um desafio. “Fique preocupado, se for fazer o júri e não sentir um friozinho na barriga”, dizia o meu tio, que foi grande jurista, Evandro Lins e Silva.

Para Délio, a “humildade” é uma grande aliada dos profissionais, sobretudo neste período em que os julgamentos são virtuais e ao vivo, sendo que, depois, ficam disponíveis para quem mais quiser ver. “A boa preparação para cada situação é o segredo para o sucesso. Perder ou ganhar causas faz parte da carreira, mas é fundamental ter a capacidade de fazer a argumentação certa, expressar-se com o gestual adequado ou mesmo manter o silêncio no momento necessário.”

A live foi conduzida pelo advogado Diogo Póvoa, sócio do Instituto Verbalize, especialista em Comunicação e Oratória para advogados. Póvoa reforçou a importância da espontaneidade: “Gosto de tópicos e creio que ajudam na maneira de conduzir uma boa sustentação, sendo que não é necessário usá-los de maneira rígida.” Délio concorda: “Tirando o discurso de posse que fiz na solenidade da OAB/DF, sempre evitei ler textos.”

CURSO

Na live, Póvoa anunciou a parceria que o Instituto Verbalize fechou com a Caixa de Assistência dos Advogados do Distrito Federal (CAADF), com 10% de desconto para toda a advocacia no lançamento. O conteúdo está organizado em módulos e focado em aperfeiçoamento profissional, compreendendo comunicação e oratória, como realizar reuniões, sustentação oral, entre os destaques.

Saiba mais aqui (informações do curso nas redes sociais).

Comunicação OAB/DF
Texto: Montserrat Bevilaqua