A Comissão da Memória e da Verdade da OAB/DF realizou nesta quinta-feira (25/4) evento que exibiu o média metragem “Direito à Memória”, documentário que retrata os anos de chumbo e a resistência ao ato de invasão da OAB-DF durante a ditadura militar.
 
Na oportunidade foi realizado debate com os convidados Chico Santana, Maninha, Erika Kokay, Márcio Gontijo, Victor Neiva e Lucas Rafael. Também esteve presente no ato Gustavo Balduino, filho da Dra Herilda Balduino que a representou na entrega da placa em homenagem a sua relevante atuação na defesa do Estado Democrático de Direito.
 
A presidente da Comissão, Maria Victoria Hernandez, ressaltou a importância da discussão do tema da Memória e Verdade em espaço livre e democrático, como a Casa do Advogado. Os convidados, com experiências vividas nos anos de repressão, lembraram os atos de resistência da advocacia e o papel fundamental da OAB no resgate da nossa democracia. Ressaltaram também a importância de levar ao conhecimento das novas gerações os horrores vividos no período autoritário, de cassação de liberdades.
 
A presidente em exercício, Cristiane Damasceno, também esteve presente e afirmou que a OAB-DF não é somente a Casa do Advogado, mas a Casa da Sociedade e da Democracia.