Em solenidade emocionante, nesta quinta-feira (5/9), a OAB/DF deu as boas-vindas a 80 novos advogados e advogadas que passaram a integrar o quadro da seccional. Os novos inscritos foram recepcionados no auditório do edfício-sede ao som do Hino Nacional e da música We Are The Champions, do Queen, tocados pela Banda do Corpo de Bombeiros.

O auditório ficou lotado para a recepção dos novos profissionais. Familiares, amigos e membros da instituição estavam presentes na cerimônia. A solenidade foi conduzida pelo diretor tesoureiro da OAB/DF, Paulo Maurício Siqueira, que reconheceu o esforço de cada novo advogado e advogada. “Sabemos que o caminho até aqui não é fácil, mas hoje vejo os sorrisos nos rostos de vocês e a felicidade enorme em receber a carteira e iniciar esse novo trajeto”, pontuou.


Bruno Azambuja ressaltou que a advocacia é indispensável à administração da Justiça

Para representar os advogados e advogadas, Bruno de Barros Azambuja discursou como orador da turma. Ele ressaltou em seu discurso a atuação da advocacia. “O profissional do Direito é indispensável à administração da justiça. É nosso dever estar sempre vigilante contra qualquer indício de abuso por parte de quem quer que seja. Assim, sempre que um inocente for injustamente acusado de um crime, estaremos lá para livrá-lo do cárcere injusto”, destacou o orador.


Para Felipe Sarmento, a advocacia é gratificante

O encorajamento ao novos profissionais da Ordem foi feito pelo conselheiro federal Felipe Sarmento, que é presidente do Fundo de Integração e Desenvolvimento Assistencial dos Advogados (FIDA). “A partir de hoje vocês se encarregam formalmente da honrosa missão de lutar pela defesa da honra, do patrimônio, da liberdade e da vida das pessoas. A tarefa é desafiadora, não há dúvidas, mas é também profundamente gratificante, pois permite contribuir para a concretização, no Brasil, dos valores que sustentam o avanço da civilização”, ressaltou. “Parabenizo-os pela coragem e inteligência na escolha de trilhar os caminhos da advocacia, por decidirem seguir as linhas dos corações de vocês, e do desejo genuíno de se realizar humanamente por meio da construção da Justiça no país”, completou.

Amor à profissão
“Façam por amor e estudem. Essa é uma das melhores cerimônia da OAB e muito emocionante. Sigam seus sonhos sempre, não deixe ninguém fazer isso por você”, foi assim que o presidente da subseção do Núcleo Bandeirante e Riacho Fundo, Rodrigo Bezerra Correia, deu boas-vindas aos novos advogados e advogadas da Ordem.


Andréa Saboia falou às advogadas mulheres

A secretária-geral adjunta da OAB/DF, Andréa Saboia, saudou as mulheres presentes na entrega de carteira. “Aqui nós ouvimos realmente a voz das advogadas. Digo a vocês que é possível sim conciliar diversas áreas como ser mãe, estudante e advogada, pois passei por isso. Tenham sucesso na carreira e venham fazer parte da nossa OAB, para que possamos continuar representando as mulheres”, destacou a advogada.

A conselheira federal Raquel Cândido apresentou aos profissionais o projeto Carreiras OAB/DF. “Desenvolvemos o projeto para ajudar a sanar essa dúvida que surge agora na cabeça de vocês sobre o que irão fazer”, disse. “Para dar suporte a vocês, promovemos diversos eventos e capacitações. Saibam que a Casa está de braços abertos para vocês e o que queremos é alegria e prosperidade de todos”, ponderou a conselheira.


O presidente da OAB/DF aconselhou os jovens iniciantes a pensarem “fora da caixa”

Para encerrar a solenidade, o presidente da OAB/DF, Délio Lins e Silva Junior, reforçou a dedicação que todos devem ter ao exercer a advocacia. “Essa cerimônia é algo muito especial e é uma alegria muito grande receber vocês. O mercado de trabalho não está fácil, mas com muito estudo e amor à profissão vocês podem ir longe. Pensem fora da caixa e contem conosco. Vamos caminhar juntos”, finalizou.

Sonho de advogar
Não é de se estranhar que muitas pessoas tenham o sonho de ser um profissional da advocacia, já que é uma profissão respeitada. Neto Andrade, de 36 anos, é uma delas. Apesar de ser formado em teologia e história, o sonho dele era cursar Direito. “Sempre senti que era uma vocação. Tenho vontade de ir para a defensoria pública e exercer a justiça”, disse. Durante toda a cerimônia, ele ficou acompanhado do filho Mikeias, de 9 anos, que gostou de acompanhar o pai. Para Neto, o momento foi único. “É a realização de um grande sonho. E esse é apenas o primeiro de passo de muitos que virão”, acredita o advogado.

Compuseram ainda a mesa da entrega de carteiras o secretário-geral da OAB/DF, Márcio de Souza Oliveira; o presidente da Caixa de Assistência aos Advogados (CAADF), Eduardo Uchoa Athayde; o presidente das comissões de Orçamento e Contas e Direito Sistêmico, Rodrigo Freitas Rodrigues Alves; e o presidente e a vice da subseção de Águas Claras, Eric Gustavo de Góis e Marescka Morena Santana da Silveira, respectivamente. E também o secretário-geral do Conselho Jovem, Adjânio Costa; a presidente da Associação dos Advogados Trabalhistas do DF (AATDF), Elise Ramos Correia; o diretor tesoureiro da Caixa de Assistência do Rio de Janeiro (CAARJ), Fred Mendes; e o juiz diretor do Foro de Taguatinga (TRT) Alexandre de Azevedo Silva, que entregou carteira para a própria filha.

 

Comunicação OAB/DF
Texto: Neyrilene Costa (estagiária sob supervisão de Ana Lúcia Moura)

Fotos: Valter Zica