Em parceria com a Associa√ß√£o de Pais e Alunos das Institui√ß√Ķes de Ensino (ASPA-DF), com o Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do DF (SINEPE) e com a Casa Thomas Jefferson, a Seccional realizou uma campanha para arrecadar materiais escolares com o objetivo de fortalecer a defesa do direito √† educa√ß√£o com qualidade. Na manh√£ desta quarta-feira (14), o presidente da OAB/DF, Juliano Costa Couto, e a Comiss√£o de Educa√ß√£o da OAB/DF compareceram ao primeiro dia da entrega dos materiais. As escolas elegidas, com base nos IDHs mais baixos, para receberem as doa√ß√Ķes foram a Escola Classe Varj√£o e Escola Classe 09 de Brazl√Ęndia, 1¬ļ ao 5¬ļ ano ambas.

O presidente da Comiss√£o de Educa√ß√£o, Luis Claudio Megiorin, disse que a a√ß√£o superou as expectativas, pela receptividade das escolas. ‚ÄúA a√ß√£o foi fundamental para abrirmos as portas das escolas e ajud√°-las nesse momento de dif√≠ceis condi√ß√Ķes financeiras no Distrito Federal. As necessidades que as escolas t√™m s√£o in√ļmeras, e as verbas nunca s√£o suficientes. Ent√£o essa doa√ß√£o foi uma complementa√ß√£o e um afago, um abra√ßo √†s escolas‚ÄĚ, apontou. ‚ÄúN√≥s da √°rea jur√≠dica temos todos os instrumentos para ajudar as escolas. Faremos o trabalho sobre fundamentos jur√≠dicos com orienta√ß√Ķes sobre o direito educacional para que as fam√≠lias tenham ci√™ncia da responsabilidade, inclusive perante a lei, de conduzir a educa√ß√£o de seus filhos a partir de casa‚ÄĚ, completou Megiorin.

A integrante da Comiss√£o de Educa√ß√£o Ana Paula Mancini frisou o empenho da Comiss√£o em defender a educa√ß√£o em Bras√≠lia. ‚ÄúFoi um privil√©gio participar desse projeto. A campanha foi muito bem recebida. O momento da entrega das doa√ß√Ķes foi muito especial porque a car√™ncia dessas escolas √© muito grande ent√£o tudo foi muito bem vindo‚ÄĚ, disse.

Luana Guimar√£es, diretora da escola do Varj√£o que recebeu doa√ß√Ķes de materiais, destacou que a a√ß√£o √© de grande colabora√ß√£o para o trabalho da escola. ‚ÄúA gente precisa desse apoio, os materiais ser√£o muito bem utilizados. A gente tem observado que t√™m alunos que ainda n√£o adquiriram os materiais ent√£o essa colabora√ß√£o vai ser muito importante aqui para a escola‚ÄĚ, afirmou.

A vice-diretora, Simone Maia, que acompanhou e apoiou a entrega dos materiais escolares parabenizou a a√ß√£o e ressaltou que como a escola n√£o tinha adquirido parte dos materiais por falta de verba, a ajuda √© muito bem vinda. ‚Äú√ďtima iniciativa, estamos muito felizes com a contribui√ß√£o de certas coisas que ainda n√£o t√≠nhamos conseguido adquirir como os cadernos, que s√£o de uso individual‚ÄĚ, pontuou.

A diretora da Casa Thomas Jefferson, L√ļcia Santos, afirmou que a a√ß√£o faz parte da miss√£o da institui√ß√£o e agradeceu a oportunidade de participar do projeto. ‚ÄúO pouco que a gente oferece √© muito para outras pessoas, e isso √© de grande relev√Ęncia. Fazer parte da educa√ß√£o dos alunos √© grandioso‚ÄĚ, enfatizou.